Jeová é Realmente o Nome de Deus?

O que mais tem na internet é mentiras com respeito ao nome de Deus. Antes de fazer minhas considerações, de uma olhada nesses dois vídeos. Um é arqueológico, aonde encontraram o Nome divino em uma parede, e outro é de um famoso filme.

É verdade que  pronúncia original de יהוה é desconhecida, mas por séculos o uso da tradução Jeová , passou a ser amplamente divulgado e estabelecido entre muitos cristãos, tornando-se uma pronúncia familiar e popular em muitos idiomas. Assim, vários grupos religiosos, mais notavelmente as Testemunhas de Jeová, continuam a usá-la, ainda que muitos outros grupos religiosos favoreçam a pronúncia Javé ouYahvéh, ou mesmo o titulo SENHOR. Segundo elas, os diversos nomes próprios existentes são muitas vezes pronunciados de maneiras diferentes da língua original, e assim como ocorre com o nome “Jesus”, transliterado do original Ye·shú·a‘ ou [vindo de Josué] Yeho·shú·a‘, não se deveria abandonar o uso do nome “Jeová” simplesmente por não se saber a pronúncia exata deste.

Valendo-se de pretextos diversos a fim de não usar o nome de Deus, alguns fazem a afirmação de que “o nome Jeová é uma tradução errônea das quatro letras hebraicas IHVH”. São tantas as fontes que repetem a mesma coisa , de forma que os que estudaram este assunto de forma superficial ou apenas ouviram seus mestres e teólogos,  repetem tais declarações como uma ladainha. Tal afirmação baseia-se no pressuposto de que o nome “Jeová” é uma tradução das quatros letras hebraicas no qual se usou as vogais de Adonai. Para entender melhor, saiba que o hebraico era escrito de forma abjad ou seja, o idioma era representado somente por consoantes e não vogais.   Os manuscritos hebraicos mais antigos apresentam o Nome de Deus na forma de quatro consoantes, comumente chamadas de Tetragrama (do grego te·tra-, que significa “quatro”, e grám·ma, “letra”). Estas quatro letras (escritas da direita para a esquerda) são יהוה e podem ser transliteradas em português como YHWH (IHVH, ou JHVH). Provavelmente no primeiro século depois de Cristo, surgiu entre os judeus uma idéia supersticiosa, de que era errado até mesmo pronunciar o nome divino (representado pelo Tetragrama). Devido a este costume, a pronúncia original do Nome se perdeu.

Muitos teólogos Evangélicos e Católicos, entre outros, removem o Nome de Deus e o substitue por palavras a bel prazer, ao traduzirem a Bíblia para o idioma de seus respectivos países. Chegam até mesmo a usar o mesmo argumento usado pelos judeus, de que “não se sabe a pronúncia original do Nome”. Contudo, despercebem um fator interessante. Os judeus não removeram o Nome de Deus de seus exemplares das Escrituras Sagradas. Apenas evitam pronuncia-lo.

Após considerar várias pronúncias, o professor alemão Gustav Friedrich Oehlerconcluiu: “Deste ponto em diante eu uso a palavra Jeová, porque, na verdade, este nome agora se tornou mais comum no nosso vocabulário, e não pode ser suplantado.” — Theologie des Alten Testaments, segunda edição (Stuttgart, 1882), p. 143.

O jesuíta erudito Paul Joüon diz: “Nas nossas traduções, em vez da (hipotética) forma Yahweh, temos usado a forma Jéhovah . . . que é a forma literária convencional usada em francês.” — Grammaire de l’hébreu biblique (Roma, 1923), nota ao pé da p. 49.

Nos tempos bíblicos, o nome Jesus talvez fosse pronunciado Yeshua, ou possivelmente Yehoshua — ninguém sabe ao certo. No entanto, pessoas no mundo inteiro usam diferentes formas do nome Jesus, pronunciando-o do modo costumeiro no seu idioma. Elas não deixam de usar o nome só porque não sabem como ele era pronunciado no primeiro século. De modo similar, se você viajar para outro país, é bem provável que descubra que seu próprio nome soa um tanto diferente em outro idioma. Portanto, não saber ao certo como o nome de Deus era pronunciado na antiguidade não é motivo para não usá-lo. Já imaginou alguém de certa ala da igreja Católica defender a ideia de que o nome da mãe de Jesus era Miriam e que  portanto “não devemos usar a forma Maria” ? É exatamente o que acontece com os que criticam a pronúncia do nome “Jeová” a partir de uma regra fantasiosa que eles mesmos não usam.

“QUANDO SURGIU O NOME JEOVÁ?”

“No hebraico moderno do século VI depois de Cristo, os Massoretas colocaram os sinais das vogais adonay nas consoantes do tetragrama, daí em diante que os clérigos católicos começaram a tentar escrever o nome divino: Iahweh, Jehovah, Iavé e Jeová.”

A declaração acima pode estar  errada. Muitos eruditos acreditam que o nome ”Jeová” é uma forma hibrida “inventada tardiamente” no tempo dos Massoretas, entre 600 E.C. – 1100 E.C.,  e até mesmo Raimundo Martini (c. 1220-1287), o dominicano, argumentou que a pontuação do Nome de Deus foi adicionada por Ben Naphtali e Ben Asher por volta de 900-960.  Atualmente, afirma-se que a chamada “forma hibrida” é derivada da combinação das letras latinas JHVH com as vogais de Adonai. Contudo, há evidências de que a forma “Jeová” já estava presente foneticamente em textos gregos e semíticos durante a antiguidade tardia.

Observe o que diz George Wesley Buchanan Professor Emérito do Novo Testamento :

Esta [Yehowah] é a pronúncia correta do tetragrama, como pode-se ver claramente na pronúncia de nomes próprios no primeiro Testamento (PT), poesias, documentos aramaicos do 5º século, traduções gregas do Nome no Rolo do Mar Morto  e nos Pais da Igreja.” (George Wesley Buchanan, “The Tower of Siloam”, The Expository Times 2003; 115: 37; pp. 40, 41)

Encontramos a forma “Jeová” escrita Ιεωά  em textos gregos do 2º e 3º séculos E.C. 

 The Grecised Hebrew text “εληιε Ιεωα ρουβα“ é interpretado como significando ”meus Deus Ieoa é mais poderoso”.  – “La prononciation ‘Jehova’ du tétragramme”, O.T.S. vol. 5, 1948, pp. 57, 58. [Papiro Grego CXXI ” PISTIS SOPHIA”  (do 3º séc.), Biblioteca do Museu Britânico.] 

Pap_Greek_IEWA

Uma coisa é certa: após essas e muitas outras citações, fica claro que muito antes dos Massoretas a forma IeHoWah já era usada, o que torna a afirmação do site acima, no mínimo, uma impossibilidade histórica.

Charles William King, citando a obra “Na interpretação” (do 2º século), encontra o Nome na forma ΙΕΗΩΟΥΑ – que, segundo Charles – “se cada vogal grega for lida com o verdadeiro som grego”, veremos o que ele chama de  “a correta representação da pronúncia hebraica da palavra Jeová”.Charles William King,The Gnostics and their remains: Ancient and Mediaeval (1887), pp. 199-200. (Clique aqui para ver os escritos de William King.) 

Uso do Nome “Jeová” em traduções de língua inglesa

As seguintes versões da Bíblia vertem o Tetragrama como Jehovah quer de modo exclusivo ou em versos selecionados:

  • William Tyndale, in his 1530 translation of the first five books of the English Bible, at Exodus 6:3 renders the divine name as Iehovah. In his foreword to this edition he wrote: “Iehovah is God’s name… Moreover, as oft as thou seeist LORD in great letters (except there be any error in the printing) it is in Hebrew Iehovah.”
  • The Great Bible (1539) renders Jehovah in Psalm 33:12 and Psalm 83:18.
  • The Geneva Bible (1560) translates the Tetragrammaton as JEHOVAH, in all capitals, in Exodus 6:3, Psalm 83:18, Jeremiah 16:21, and Jeremiah 32:18.
  • In the Bishop’s Bible (1568), the word Jehovah occurs in Exodus 6:3 and Psalm 83:18.
  • The Authorized King James Version (1611) renders Jehovah, four times (in all capitals) in Exodus 6:3, Psalm 83:18, Isaiah 12:2, Isaiah 26:4, and three times in compound place names at Genesis 22:14, Exodus 17:15 and Judges 6:24.
  • Webster’s Bible Translation (1833) by Noah Webster, a revision of the King James Bible, contains the form Jehovah in all cases where it appears in the original King James Version, as well as another seven times in Isaiah 51:21, Jeremiah 16:21; 23:6; 32:18; 33:16, Amos 5:8, and Micah 4:13.
  • Young’s Literal Translation by Robert Young (1862, 1898) renders the Tetragrammaton as Jehovah 6,831 times.
  • In the Emphatic Diaglott (1864) a translation of the New Testament by Benjamin Wilson, the name Jehovah appears eighteen times.
  • The English Revised Version (1885) renders the Tetragrammaton as JEHOVAH, in all capitals, where it appears in the King James Version, and another eight times in Exodus 6:2,6–8, Psalm 68:20, Isaiah 49:14, Jeremiah 16:21, and Habakkuk 3:19.
  • The Darby Bible (1890) by John Nelson Darby renders the Tetragrammaton as Jehovah 6,810 times.
  • The Five Pauline Epistles, A New Translation (1900) by William Gunion Rutherford uses the name Jehovah six times in the Book of Romans.
  • The American Standard Version (1901) renders the Tetragrammaton as Je-ho’vah in 6,823 places in the Old Testament.
  • The Modern Reader’s Bible (1914) by Richard Moulton uses Jehovah in Exodus 6:2–9, Exodus 22:14, Psalm 68:4, Psalm 83:18, Isaiah 12:2, Isaiah 26:4 and Jeremiah 16:20.
  • The Holy Scriptures (1936, 1951), Hebrew Publishing Company, revised by Alexander Harkavy, a Hebrew Bible translation in English, contains the form Jehovah in Exodus 6:3, Psalm 83:18, and Isaiah 12:2.
  • The New English Bible (1970) published by Oxford University Press uses JEHOVAH in Exodus 3:15 and 6:3, and in four place names at Genesis 22:14, Exodus 17:15, Judges 6:24 and Ezekiel 48:35.[100]
  • The Living Bible (1971) by Kenneth N. Taylor, published by Tyndale House Publishers, Illinois, uses Jehovah extensively, as in the 1901 American Standard Version, on which it is based.
  • In the New World Translation of the Holy Scriptures (1961, 1984) published by the Watchtower Bible and Tract SocietyJehovah appears 7,210 times, comprising 6,973 instances in the Old Testament, and 237 times in the New Testament—including 70 of the 78 times where the New Testament quotes an Old Testament passage containing the Tetragrammaton,[101] where the Tetragrammaton does not appear in any extant Greek manuscript.
  • The Bible in Living English (1972) by Steven T. Byington, published by the Watchtower Bible and Tract Society, renders the word Jehovah throughout the Old Testament over 6,800 times.
  • Green’s Literal Translation (1985) by Jay P. Green, Sr., renders the Tetragrammaton as Jehovah 6,866 times.
  • The American King James Version (1999) by Michael Engelbrite renders Jehovah in all the places where it appears in the original King James Version.
  • The Original Aramaic Bible in Plain English (2010) by David Bauscher, an English translation of the New Testament, from the Aramaic of The Peshitta New Testament with a translation of the ancient Aramaic Peshitta version of Psalms & Proverbs, contains the word “JEHOVAH” in call caps, in the New Testament, over 200 times.

Nunca se esqueça que é a própria Escritura Sagrada que enfatiza a importância deste nome:

Êxo. 3:15: “Deus disse . . . a Moisés: ‘Isto é o que deves dizer aos filhos de Israel: “Jeová, o Deus de vossos antepassados, . . . enviou-me a vós. Este é o meu nome por tempo indefinido e este é o meu memorial por geração após geração.’”

Isa. 12:4: “Agradecei a Jeová! Invocai o seu nome. Tornai conhecidas entre os povos as suas ações. Fazei menção de que seu nome deve ser sublimado.” (Clique no texto em letras azuis a fim de LER)

Eze. 38:17, 23: “Assim disse o Soberano Senhor Jeová: ‘ . . . E eu hei de magnificar-me, e santificar-me, e dar-me a conhecer aos olhos de muitas nações;e terão de saber que eu sou Jeová.’”

Mal. 3:16: “Os que temiam a Jeová falaram um ao outro, cada um ao seu companheiro, e Jeová prestava atenção e escutava. E começou-se a escrever perante ele um livro de recordação para os que temiam a Jeová e para os que pensavam no seu nome.”

João 17:26: “[Jesus orou a seu Pai:] Eu lhes [seus seguidores] tenho dado a conhecer o teu nome e o hei de dar a conhecer, a fim de que o amor com que me amaste esteja neles e eu em união com eles.”

Atos 15:14: “Simeão tem relatado cabalmente como Deus, pela primeira vez, voltou a sua atenção para as nações, a fim de tirar delas um povo para o seu nome.”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s