Debate sobre a Trindade

Anúncios

14 comentários sobre “Debate sobre a Trindade

  1. Ricardo B.

    Mas onde você entendeu no video que Deus teve começo, ao contrário, ele fou claro que a “substancia” de Deus como você chama, não teve começo e sim Jesus Cristo, que é a imagem de Deus.

    Curtir

  2. Beatriz

    Rodrigo disse: “Subordinado sim mais em sua encarnação.( acredito que pelo fato de Jesus ter nascido como humano).. Não na sua natureza divina de Deus criador.”

    Por que em mateus 24:36 Jesus disse: “A respeito daquele dia e daquela hora ninguem sabe, nem os anjos dos céus, nem o Filho mais somente o Pai” ???

    Visto que ele então era “subordinado apenas pela sua natureza humana” e não divina?
    Se o fato de Jesus está na terra como humano o limitava, por que ele não disse que o Espirito Santo sabia oque o Pai sabia?

    Gostei do debate, mais se puderem citem os texto bíblicos assim facilita o entendimento de quem lê e dá mais credibilidade, afinal estão debatendo sobre algo da bíblia, então mostrem seu conhecimento nela, e não apenas debatendo com ideias rasas..

    Curtir

  3. Leandro

    Rodrigo, se o próprio Jesus descesse do céu lhe dizendo que ele não é o Deus Pai,o Todo – Poderoso, e que ele é sim o filho de Deus, você não acreditaria ainda!!!!

    Curtir

  4. De onde você tirou que é biteismo isso não é biteismo nem aqui nem na China já que biteismo se trata de 2 deuses. E aqui não temos 2 deuses e sim 1 só Deus de mesma substância e se é mesma substância não temos deuses e sim Deus pois a substância é a mesma não outra substancia ou de diferente substância.
    Você sim acredita em biteismo e henoteismo 2 deuses na divindade. Pois vocês escolhem Jeová como Deus maior e Jesus como um deus menor. Isso é biteismo e henoteismo pois aqui temos 2 deuses o próprio a verdade é lógica disse que as testemunhas de Jeová acreditam em deuses. Então não tem pra onde correr. E eu devolvou o parabéns pela sua escolha absurda em 2 deuses. Parabéns!!!

    Curtir

  5. Toda cópia procede a original. Resposta errada já que foi uma cópia exata e o que é exato é exato. Se Deus copiou a sí mesmo então a sua cópia exata não passa a co-existir depois já que o que foi copiado foi o infinito e cópia exata do infinito = exatamente infinito. O que vem antes, a cópia ou a original? Nesse caso as duas co-existem eternamente pois Deus para gerar uma cópia de sí mesmo usou sua própria substância divina que é infinita. Então não existe tempo de existência nesse caso pois Jesus disse que ele é a luz ou seja o tempo para em Jesus Cristo. E a bíblia afirma que Jesus é o mesmo ontem hoje e sempre. E o próprio Jesus afirma que saiu do Pai ou seja da sua própria substância divina e se ele saiu isso quer dizer que ele não passou a existir sempre existiu, pois o Pai é infinito. E ele não afirmou que foi criado ele diz que saiu.

    Ora, para existir a cópia ANTES deve existir a original. Você comete outro erro aqui pois a original não veio antes sempre existiu. Então não existe a original primeiro do que a cópia. Elas co-existem eternamente.

    Existe uma separação DE TEMPO entre ambas. Não existe separação de tempo aqui pois estamos tratando do infinito. E infinito não tem começo nem fim.

    A dependência: Para existir a original não depende da cópia, mas a cópia depende da original.
    Errado também pois o infinito não depede de nada para existir ele simplismente existe e pronto.

    Vemos assim a separação antológica entre o Pai e o Filho. Cristo é a cópia de Deus, mas Deus não é a cópia de cristo. Errado novamente pois não existe separação daquilo que é infinito. Por isso Jesus é Deus de Deus luz da luz Deus verdadeiro de Deus verdadeiro gerado não criado có-substâncial ao Pai. Cristo é a cópia de Deus, mas Deus não é a cópia de cristo. Então não temos uma cópia exata aqui pois se Cristo é a cópia de Deus, mas Deus não é a cópia de Cristo , Jesus não é cópia exata de Deus. Mais quando se copia o Pai a sua cópia exata vai dar Pai. Então vemos um outro erro aqui.

    Sendo a cópia do próprio Deus, Jesus tem todas as características que fazem dele um Deus, porém subordinado, ontologicamente e distinto do pai.
    Errado em parte novamente cópia de Deus não dá um Deus dá Deus pois quem foi cópiado foi Deus e não um Deus. Subordinado sim mais em sua encarnação. Não na sua natureza divina de Deus criador. Ontologicamente distinto em naturaza humana. Então aqui eu derrubei todos os argumentos que você colocou. E agora você vai se converter a verdadeira fé ou vai fazer igual Ario que escolheu no que crer e não creu na verdadeira revelação divina da escritura.

    Curtir

  6. abibliaeavidaeterna

    Você esta equivocado. Toda cópia procede a original. você não prestou atenção ao argumento. o que vem antes, a cópia ou a original? quem depende de quem? ora, para existir a cópia ANTES deve existir a original. Existe uma separação DE TEMPO entre ambas. Se Jesus é a cópia de Deus ele veio depois, ele não é co eterno, pois uma cópia vem depois da original. e tchammmmm, a bíblia fala que Jesus é deus Unigênito(joão 1:18). vou recolocar o argumento porque você passou longe de refutar ele: O tempo: A cópia vem sempre DEPOIS da original. Para que uma cópia exista, a original tem que existir antes.

    A dependência: Para existir a original não depende da cópia, mas a cópia depende da original.

    Vemos assim a separação antológica entre o Pai e o Filho. Cristo é a cópia de Deus, mas Deus não é a cópia de cristo.

    Sendo a cópia do próprio Deus, Jesus tem todas as características que fazem dele um Deus, porém subordinado, ontologicamente e distinto do pai.

    Curtir

  7. Não nesse caso pois para uma cópia ter começo ela precisa que aquilo que pretende-se copiar tenha começo. E Deus é eternidade ou seja não tem começo nem fim é infinito. Então como a cópia dele vai ter começo se ele é infinito?

    Curtir

  8. Esse argumento não refutou nada pois ele isola o termo caracter e logo a frente do termo caracter tem o termo hipostase que significa ser substância e excência. E outro detalhe é que cópia não é criação. Pois aquilo que foi copiado não tem começo nem fim. E como o própiro argumento diz copia exata ou seja é exatamente Deus Pai que nós vemos quando olhamos para Jesus Cristo pois ele é a encarnação do Pai. E como Jesus é a substância divina do Pai ele não tem começo igual o Pai não tem. Isso sim é uma argumentação irrefutavel.

    Curtir

  9. Claro que é você não sabia disso porque no grego diz que Jesus é o caracter da hipostase e essa palavra hipostase significa ser substância excência. Ou seja Jesus é a própria substância de Deus. Porque Deus é Espírito e por ele ser Espírito tem uma só natureza divina. Pois a natureza de Deus é Espiritual. Então fica muito claro e cristalino que Jesus é o criador junto com o Pai e o Espirito Santo. Um só Deus uma só natureza. E o que significa isso uma Trindade santissima. O Pai é santissimo o Filho é santissimo e o Espirito Santo é santissimo por isso santissima Trindade. Essa santissima Trindade que criou tudo. Negar isso é ser rebelde e não querer adorar o verdadeiro Deus. Pois a bíblia desde Geneses até Apocalipse mensiona os 3 trabalhando sempre em prou das suas criaturas.

    Curtir

  10. Publicador do reino o dia que você conseguir me provar que a substância de Deus teve começo de existencia eu viro testemunha de jeová. Mais como eu sei que você nunca vai conseguir fazer essa proesa eu vou continuar Católico pra sempre.

    Curtir

Os comentários estão desativados.