Gênesis 19:24 Indica isso que Deus é uma trindade?

Os três Anjos de Deus.jpg
Gênesis 19:24 fala sobre “o Senhor” fazer chover sobre Sodoma enxofre e fogo “do Senhor”.  Indica isso que Deus é uma trindade?
 
Os que acreditam na Trindade têm procurado apoio para sua doutrina no relato de Abraão e Ló. Mas, um exame cuidadoso e sincero mostra que o relato não ensina a Trindade, assim como a Bíblia como um todo não o faz.
 
Abraão recebeu a visita de “três homens” que claramente procediam de Deus. Saudando-os, Abraão disse: “Jeová, se eu tiver agora achado favor aos teus olhos, por favor, não passes por teu servo.” (Gênesis 18:1-3)
 
Naturalmente, o próprio Jeová Deus não havia aparecido na carne a Abraão, pois ‘homem algum pode vê-Lo e continuar vivo’. (Êxodo 33:20; João 1:18) Portanto, Abraão deve ter-se expressado dessa forma por reconhecer que aqueles “homens”, e talvez um deles em especial, representavam a Jeová. Isso se harmoniza com outras ocasiões em que anjos de Deus apareceram a humanos e foram mencionados como “Jeová”, pois eram representantes celestiais do Altíssimo. — Veja Gênesis 16:7-13; Juízes 6:12-16.
 
Depois de os “três homens” transmitirem a importante mensagem sobre o predito “descendente”, a atenção foi voltada para Sodoma e Gomorra. Uma comparação entre Gênesis 18:22 e 19:1 prova que os “homens” que visitaram Abraão eram anjos. Enquanto um desses representantes de Jeová permaneceu com Abraão, os outros dois mensageiros celestiais foram para Sodoma. Ali, pela boca de duas testemunhas, asseguraram a Ló e sua família de que sobreviria às cidades uma destruição e que era necessário fugir. Quando Ló e suas duas filhas estavam em segurança, sobreveio a destruição às cidades iníquas. Lemos: “Jeová fez então chover enxofre e fogo sobre Sodoma e sobre Gomorra, da parte de Jeová, desde os céus.” — Gênesis 19:24.
 
Em muitas traduções antigas da Bíblia, esse versículo fala sobre “o Senhor” fazer chover fogo “do Senhor”. Alguns comentaristas que criam na Trindade afirmaram que isso significava que o Senhor Jesus, o Filho de Deus, trouxe destruição da parte do Senhor Deus, o Pai. Mas, o texto hebraico mostra que ambas as menções se referem a “Jeová”, que era o Deus de Abraão, Isaque e Jacó, e diferente de Jesus. — Êxodo 6:2, 3; Atos 3:13.
 
É coerente com a construção gramatical do idioma hebraico falar sobre uma pessoa fazer algo com referência a si mesma. Lemos: “Salomão passou a congregar os anciãos . . . ao Rei Salomão.” “A Moisés [Jeová] disse: ‘Sobe até Jeová . . .’” “[Jeová] prosseguiu, dizendo-lhe: ‘. . . vou salvá-los por Jeová.’” (1 Reis 8:1; Êxodo 24:1, Oséias 1:6, 7; Zacarias 10:12)
Do mesmo modo, Gênesis 19:24 diz-nos que Jeová trouxe o enxofre e o fogo, sem precedentes, de si mesmo, “da parte de Jeová, desde os céus”. Portanto, em vez de ser um apoio forçado a favor da doutrina antibíblica da Trindade, o versículo salienta o ponto mostrado no Salmo 83:18:
“Para que as pessoas saibam que tu, cujo nome é Jeová, somente tu és o Altíssimo sobre toda a terra.”
Pode-se mencionar de passagem que há outro aspecto deste relato que os que acreditam ardentemente na Trindade têm procurado usar para sustentar sua doutrina. Têm enfatizado que havia três que apareceram a Abraão e que estes representavam a Deus, de modo que sugerem que isso indica uma trindade.
O fato de haver três anjos, porém, dificilmente é um indício válido duma deidade trina, pois nada no relato fala duma Divindade múltipla. O perito alemão Franz Delitzsch observou que “a idéia de que a Trindade esteja representada nos três é de todos os pontos de vista insustentável”.
Mas, por que enviou Deus três criaturas celestiais para representá-lo?
Os anjos vieram para contar a Abraão que ele e Sara teriam um filho. (Gênesis 18:10) Evidentemente, Deus considerou apropriado que essa mensagem profética fosse apresentada por três testemunhas, assim como a Lei disse mais tarde que um “assunto deve ficar de pé”, ou confirmado, “pela boca de duas testemunhas ou pela boca de três testemunhas”. (Deuteronômio 19:15; 1 Timóteo 5:19)
Abraão teria motivo para duvidar de que ele e Sara, considerando-se sua idade e sua condição física, pudessem ter um filho. (Hebreus 11:11, 12) Mas, o testemunho de três anjos certamente seria convincente.
Então fica bem claro que esse relato esta longe de provar a Trindade!
Anúncios

Um comentário sobre “Gênesis 19:24 Indica isso que Deus é uma trindade?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s